A sete chaves





Guardou por muito mais de sete anos
todo aquele sublime sentimento
e quando conseguiu as tais chaves
para liberá-lo
nem soube mesmo
o que fazer com ele

Comentários

  1. Este pequeno fato e´mais comum do que muita gente imagina. O problema não são as chaves; o problema é acabar com o mistérios que rondou, no caso, sete anos a cabeça do apaixonado

    ResponderExcluir
  2. Sete chaves, sete anos, sentimentos...
    Nunca é tarde para aprender o que fazer ;) :)

    Tudo de bom.
    ;)

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Aflores: chaves,sentimentos e muito amor...sempre guardados dentro de uma poesia.
    Obrigada pelo carinho de sempre. abraço

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela visita carinhosa Sindicato...sempre de olho nas notícias...abraços fraternos

    ResponderExcluir
  6. Seria uma chave para cada ano, então...:-) É o problema de guardar algo durante tanto tempo; há perigo de ficar fora de prazo. Tudo tem um tempo.
    Gosto da tua poesia, Lia, mas nem sei se estou a ler bem....
    xx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querida Laura: sua forma carinhosa de interpretar...demonstra a sua sensilbilidade poética.
      abraços bem carinhosos florzinha querida.

      Excluir
  7. Querida amiga e poetisa Lia...!!!

    Senti-me honrado com mais uma sua presença
    Em meu blogue, com o seu carinho de sempre.
    Passando para retribuir e deixar o meu abraço.
    Um meio de semana maravilhoso é o que desejo
    Para você. Com muita paz, amor e, felicidade em
    Seu coração. Que haja muita luz em seu caminho.
    Beijos de luz !!!

    POETA CIGANO – 21/11/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderExcluir
  8. Cigano: que maravilha te encontrar em meu canto poético..abraços mil!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

mesa posta

viagem incomum