Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

Sobrevivendo

Imagem
 Para que lutar contra ele  ele vem e vem com tudo  e aos poucos tudo carrega. mas também traz muitas coisas. Então eu o abraço solenemente o que ele trouxe e sobrevivo em paz.

realidade poética

Imagem
Solto os poemas entre os dedos entre os dentes entre o murmúrio da realidade absurda de ser poeta.

Moldura

Imagem
É bom mesmo guardar você no retrato Só assim posso emoldurar o encantamento que eu via em seu olhar.

sem rumo

Imagem
Pensar alto uma falange de intrigas agonia. Para que porto seguir quando o barco perdeu o rumo?

estranhamento

Imagem
                                                                                                            Foto By Matheus Noronha No movimento atento  da caneta faço versos absurdos. Estranhos aos que mergulham no mar da dura realidade.

Sons

Imagem
Meus silêncios são meus nãos revestidos de orgulho. tanto quis pouco fiz. tanto esperei nada tenho.

espetáculo

Imagem
Eu tento viver tudo que a vida me oferece. Mas sempre perco algum trecho desse Divino espetáculo.