falsa prisão



A menina que cultivava sonhos
entre o céu e a liberdade.
Algemou-se no território das aparências
entre o medo e o desencanto.

Comentários

  1. Tristes e lindos versos! bjs, chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chica : florzinha amiga e muito inspiradora...quando chega aqui...florescem belos poemas.
      beijos carinhosos meus.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Cidália: grata pelo carinho de sempre flor amiga virtual.
      abraços e beijos pra ti

      Excluir
  3. O poema é belo, Lia; mas peço licença para discordar do título. Esta, eu acredito, é a verdadeira prisão. Vamos soltar a menina, para que volte a cultivar os seus sonhos! :) Boa semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Árabe : querido amigo sempre atento às palavras e suas nuances...grata pela carinhosa visita.
      abraços de boa semana pra ti.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

mesa posta

viagem incomum