adoçando

o canto oprimido
já não  mais oprime
a parte dolorosa
não dói mais
e o que era amargo
por fim adoçou

Comentários

  1. Que belo final para um antigo amargor...Adoçou e liberou! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Grata pela carinhosa visita..flor criativa Chica.
    bjinsss meus.

    ResponderExcluir
  3. Tempo... o melhor remédio para todos os males! Belo post, Lia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Árabe: que bom te rvocê por aqui no meu cantinho poético.Abraços meus.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

mesa posta

viagem incomum