Dúvidas mil




O momento exato da dor 
conhece a dose certa do remédio?


Para o tédio da ausência
o lenitivo é um abraço?


De quantas pétalas foram feitas
as flores que você nunca me ofertou?

Comentários

  1. Lindo e instigante poema! bjs, chica

    ResponderExcluir
  2. Puxa... A Chica tem razão!
    Lindo e instigante.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom, Lia! Na sua aparente simplicidade, dá muito o que pensar! Bom ver você de volta, boa semana.

    ResponderExcluir
  4. Três excelentes pensamentos, qual deles o melhor.
    Parabéns pelo seu talento, minha amiga.
    Lia, tem um bom domingo e uma boa semana.
    Beijo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

mesa posta

viagem incomum