lado a lado






Lado a lado
amor e indiferença
qual dos dois parte primeiro?

Comentários

  1. LIA,


    a clássica teoria psicanalítica Freudiana ensina que amor é ódio seriam as duas ambivalências mais encontradas, nestes eternos e desencontros afetivos humanos.

    Afirmava , também que quando o ódio sobrevivia a um amor desfeito, na realidade ele continuava,pois afirmava que: "Só odiamos a quem verdadeiramente amamos e não conseguimos alcançar".

    E qual a razão de toda esta minha tergiversação?

    Por uma palavrinha "mágica" e definitiva que você colocou sentada no banco ao lado do amor: Indiferença!

    Neste caso, quando predomina a indiferença, após um amor desfeito tomando o lugar do sentimento de ódio que muitas das vezes o substitui , sem dúvida nenhuma acabou tudo!

    Indiferença Lia, é tão cruel que, sofrer o maior dos desesperos por parte de quem esteja sendo atingido por ele, ainda será muito pouco.

    Insuportável!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  2. Paulo: obrigado pelos pensares...tão pontuais por aqui...nesse cantinho poético.abraços pr ati querido amigo.

    ResponderExcluir
  3. O amor e a indiferença não conseguem conviver. Se estiverem já lado a lado é porque o que já se foi não era amor. Um amor nunca deixa indiferença.
    xx

    ResponderExcluir
  4. Lembra-me a definição do velho índio:
    Amor e indiferença, ficará sempre aquele que alimentarmos melhor.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

mesa posta

viagem incomum