Liberte-me

Ame -me com a mesma tonalidade
dessa cor
ame-me pelo que sou 
mesmo quando não sou tudo
que esperas que eu seja.
Liberte-me de estranhas formas
padronizadas
porque sou borboleta
e hoje é o meu dia
de voar até onde as minhas asas
sonharem


Comentários

  1. Amiga Lia, adorei a poesia! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostou querida amida da floresta e da poesia..e da liberdade!!!bjins d ebom fim de semana!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

mesa posta

viagem incomum