Delírio





Poema é um lugar onde a gente
pode afirmar que o delírio é uma insensatez.

Manoel de Barros




Todo delírio poético
vem como ondas espumantes
agitadas ou tranquilas
e vão para lugares desconhecidos
buscando sempre a alegria do grande encontro.

Comentários

  1. É bastante difícil definir o objetivo de escrever poemas, deixo para eles as definições:)Um abraço, Yayá.

    ResponderExcluir
  2. Um grande abraço pr ati querida Yayá e obrigada pelo carinho de sempre no meu espaço.

    ResponderExcluir
  3. Liamiga

    Percorri os teus blogues, o dos contos diz-me mais pois prosa é comigo, mas este a que chamas Pura poesia é... poesia pura. Sintética, mas sentida. Parabéns.

    ... e obrigado pela tua visita; agora, (per)segue-me, rsrsrs

    Qjs

    ResponderExcluir
  4. Certamente te seguirei querido amigo.
    Obrigada pela visita aqui no meu cantinho.

    ResponderExcluir
  5. Muy bueno. Interesante. Me gusta.Un gusto leerte amiga.Te envío un cordial saludo deseándote un buen día. Seguiré visitándote.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada querido Darwin.Abraços mil pra ti.

    ResponderExcluir
  7. bela definição beijão, amei vou visitar sempre

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

mesa posta

viagem incomum